uma psicologa citou

Oi, gente, mas oi mesmo! Tudo bem? A quase um ano, conheci uma menina doce e inteligente, a psicóloga Karen Abrão CRP-09/011321, que é dona do  perfil  umapsicologacitou no Instagram. Karen criou o IG a fim de levar a psicologia para as redes sociais.

“Eu acredito que o conteúdo autoral, o qual escrevo, com palavras de afeto, acolhimento e reflexão toca as pessoas, por isso muitos acompanham”, disse.

O perfil é um sucesso. A conta criada há uma ano, já tem quase 30 mil seguidores e muitas curtidas. Eu convidei a Karen para falar sobre as principais dúvidas em relação a psicologia aqui no Blog, acompanhe abaixo a entrevista que ficou um sucesso.

Quando uma pessoa deve procurar um psicólogo? Em momentos difíceis ou frente a alguns problemas que parecem de difícil solução. Quando se sentir deprimido, angustiado ou ansioso, estiver passando por um processo de luto, conflitos amorosos, sentimento de inadequação, medo, insegurança, problemas no trabalho, estresse, transtornos alimentares, transtornos psicológicos. Muitas vezes, quando estamos passando por uma situação complicada, é como se não conseguíssemos enxergar sozinhos uma solução. São inúmeros motivos que levam alguém a buscar ajuda psicológica.

Como é a consulta com um psicólogo? É marcado um horário para entrevista inicial. As consultas são semanais, em torno de 50 minutos, e, geralmente, o tratamento dura o tempo que for necessário. Ressalto que o psicólogo tem um código de ética profissional, que garante o sigilo de tudo que é dito na sessão.

Quais as perguntas que um psicólogo geralmente faz? O psicólogo faz perguntas pontuais a respeito do que é escutado, sobre a estrutura familiar, os relacionamentos, as queixas, os sonhos, entre outras coisasEu sou psicóloga de base psicanalítica, trabalho com a livre associação de ideais. O paciente é convidado a falar sobre tudo que lhe vem a mente.

No seu consultório, qual tratamento as pessoas mais procuram? Há uma grande demanda de tratamento para ansiedade, depressão, relacionamentos amorosos, dificuldades de tomarem decisões no trabalho, na vida, nos relacionamentos. Fobias, pânico, TOC, entre outras. E é necessário um diagnóstico, mas sem rotular as pessoas, ninguém se resume a uma fobia, por exemplo.

karen
Karen faz atendimento clínico, em Anápolis-GO

Existe cura para patologias emocionais? A psicologia não usa o termo cura, o psicólogo não vai prometer cura. A proposta é o autoconhecimento, a possibilidade de enxergar novas formas de lidar com os conflitos psíquicos, ressignificar momentos e situações traumáticas, resiliência, aprender a lidar melhor com as emoções, com os afetos.

Como é o tratamento? A psicoterapia é muito mais do que falar com alguém sobre problemas ou dificuldades emocionais. O psicólogo tem uma bagagem prática e teórica para auxiliar na resolução dos conflitos, mediado pela transferência entre o psicólogo e o paciente. Portanto, é diferente dos relacionamentos com amigos ou familiares.

Existem várias áreas de atuação de um psicólogo, como a pessoa deve escolher? O que difere as abordagens psicológicas, são as linhas teóricas que os psicólogos seguem. Não é essencial saber disso. Isso pode ser discutido na primeira sessão, bem como será a condução do tratamento. O mais importante é a afinidade entre você e o psicólogo, as indicações de amigos ou de outros profissionais, bem como se ele tem registro no conselho de psicologia.

E você o que conhece sobre a psicologia, já foi a uma consulta? Me fale aqui nos comentários o que achou da entrevista.

Um beijo e até o próximo post.

Obrigada por acompanhar o blog.

Veja esse outro post:Aplicativo de relacionamento, o que as pessoas pensam

Siga o perfil umapsicologacitou

Me siga nas redes sociais:

Facebook: Danielly Chaves

Twitter: @danielly_chaves

Instagram: @daniellychaves

Danielly Chaves
Danielly Chaves
daniellychavesoficial@gmail.com
Neste site, compartilho meu modo de enxergar o mundo. Espero que você saia daqui com algumas minhocas na cabeça!! Sou cristã, gosto de música, moda, internet, viajar e ler. Obrigada por acessar!!!

5 thoughts on “Uma psicóloga citou no Instagram”

Deixe um Comentário